Sonhadora? Não, aluada.

Outono, as ruas cobertas de folhas secas. Eu estava naquela altura em que nem é de dia nem é de noite, os outros estavam numa altura qualquer. Eu caminhava com curtos passos, os outros corriam como formigas frenéticas. Eu estava de cachecol e gorro, os outros estavam com o que calhasse. Eu estava a viver o dia mais inspirante de sempre, os outros estavam só em mais um dia. Os outros, menos tu. Reparei em ti porque havia algo que te assemelhava a mim e te diferenciava dos outros. Estavas com o mesmo ar do que eu e quando te vi, a avenida ficou vazia, de repente. Por segundos, consegui ouvir o barulho gelado do vento e, como que influenciada por isso, fui ao teu encontro como se há anos te conhecesse. Não negaste e continuamos o nosso passeio de Outono juntos. Sem uma palavra, apenas com toda aquela nostalgia. Quando chegou a hora de ir, disse-te até já. Sem saber o teu nome, sem saber mais nada do que antes. Só com a certeza de que não seria a última vez que te via. Porque sem uma unica palavra, fiquei a conhecer-te como a ninguém, porque naquela hora tornaste-te e conseguiste ser tão diferente quanto eu. E disso, disso eu nunca me irei esquecer.

5 comentários:

  1. Haro Bé! :)
    Um texto cheio de romance e com sabor a outono é um optimo post para marcar a estação.

    Ganhaste mais uma seguidora!
    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  2. Um dos melhores texto que já li :|.
    Isto aconteceu mesmo ?
    Está tão realista,tão 'outono', tão ...significante' ?
    A Perfeita avenida, em tempos tão completa,tão cheia de tudo,tão feliz que acompanhava os meus passos, hoje é uma simples avenida, no outono, onde tudo não passa de memórias, ai se elas falassem.

    ResponderEliminar
  3. Pois, mas gostei mesmo.
    Fazia tanto sentido, como se sentisse algo que não vivi, oh o das palavras, o das palavras foi um comentario que fiz a um post de um rapaz com um texto mesmo bonito, depois ate achei piada e meti o comentario no meu blog.Deve ter ficado a pensar que era maluca ou assim.

    Ai gosto mesmo deste texto.

    ResponderEliminar
  4. Foi mesmo estranho aquele momento :|.
    Oh também quero sonhar com isto.

    ResponderEliminar
  5. Era mesmo, tens que por mais textos :'D.

    ResponderEliminar

Muito melhores.

Muito de nada.

A minha foto
Viana do Castelo, Ponte de Lima, Portugal
.